terça-feira, 20 de maio de 2008

CARTA AO POETA (PRIMEIRA PARTE)

COMO TODA CARTA INICIA,CARO POETA,EU ESTOU A TI ENVIAR ESTAS MERAS HORIZONTAIS E ESPERO QUE O TEU OLHAR ALEGÓRICO POUSE SOBRE ELAS ASSIM COMO OS MEUS PINCÉIS, CARREGADOS DE VONTADES CROMÁTICAS, ATERRISAM SOBRE O SUPORTE EM BUSCA DE ALGO LEGÍVEL.E FALANDO DE CORES E TINTAS ,VENHO POR MEIO DESTAS LINHAS INDAGAR AO MEU CARO LETRISTA...QUAIS AS CORES DAS PALAVRAS?...SERÁ QUE AO SE MISTURAREM TAMBÉM RESULTAM EM OUTRAS CORES-PALAVRAS?É ASSIM ,MEU CARO, QUE TUDO ACONTECE?...E SE É ASSIM, QUAL A COR DA PAIXÃO PELA VIDA?...MAS SERÁ QUE PAZ E AMOR RESULTA NO ROSA?...A COR PREFERIDA DAS MULHERES!!! ESPERO QUE O COMPANHEIRO ENTENDA A MINHA BUSCA POIS NÃO PODERIA ENVIAR ESTAS LINHAS A MAIS NINGUÉM A NÃO SER A TU QUE ÉS POETA INTIMO DAS PALAVRAS.POR FIM,ESPERO QUE ESTA CARTA,NO FIM DE TANTOS MATIZES,SEJA AZUL.UM GRANDE ABRAÇO AO MEU GRANDE AMIGO O POETA LUIZ EURICO DE MELO NETO.

4 comentários:

Victor disse...

Grande Paxelly. Coisa boa te encontrar por aqui, expondo seu trabalho para as pessoas poderem apreciar. Gosto muito de tudo que já vi você fazer, acho que nem preciso dizer. Suas peças são fluidas e cheias de energia, e ainda assim despidas de pretensão desnecessária. Um trabalho rico e grandioso, mesmo nas peças mais simples. Um grande abraço e continue sempre com seu trabalho.

DiAfonso disse...

Grande PAxelly!

Lembro-me da comidinha que fazia "pra toda a gang: eu, Eurico e Serpa...". Tenho saudades daquele feijão misturado de "um tudo". Lembro do esboço que fez para INEQUAÇÕES... Saudades, cumpadi!

Abração!

meus blogs:
http://diafonsospiritus.blogspot.com/

http://diafonsoparanapuka.blogspot.com/

Eurico disse...

Caro Mestre, a cor da palavra é a cor do sonho: ideoplástica, onírica.
Mas a pergunta exige meditação. E breve trarei uma resposta mais adequada. rs
Abraçamigo.

LS Consultoria em Vendas disse...

Meu amigo
Posso categoricamente afirmar que estou muito feliz em te encontar em vários lugares da net, e digo mais que ainda é pouco para o tamanho da qualidade de sua obra e do merecimento de sua pessoa.
Saudades do amigo que ñ encontrei mais...Forte abraço.